domingo, 28 de maio de 2017

ANIVERSÁRIO

FERNANDO DE OLIVEIRA RAFAEL

28-05-1936

Nesta data especial...

"Encontro de Gerações" deseja

no aniversário do seu ADM 

abraçar com muita amizade e com
um muito obrigado a todos os  amigos 
e amigas em geral e em particular aos 
colaboradores  ou leitores do EG
" BEM HAJAM"
                                    

                  A minha gratidão: Pai Manuel e Mãe Isaura

TODINHOS....
                                       AVÓ E NETOS

ANIVERSÁRIO

GRAÇA MARIA  TOMÉ VICTOR

            "GRAÇA OLIVEIRA-irmã Bobbyzé)"

28-05-1954

Nesta data especial....

"Encontro de Gerações" deseja

MUITAS FELICIDADES!

PARABÉNS!

sábado, 27 de maio de 2017

Vamos acompanhar o artista

Na primeira e segunda passagem, Jonatham Bergeron avançava na sua obra.
O trablho acabado.

ANIVERSÁRIO

JÚLIA Rafael Pinto Faustino MORAIS LOPES

                      JU FAUSTINO

27-05-1946

Nesta data especial...

"Encontro de Gerações" deseja

MUITAS FELICIDADES!

PARABÉNS!











quinta-feira, 25 de maio de 2017

RECANTOS DE COIMBRA - PELA BAIXINHA IV BECO DO FORNO-RUA DOS ESTEIREIROS-BECO DOS PRAZERES-LARGO DO ROMAL

          BECO DO FORNO- Este edificio (outrora armazéns Lousada(?)- é um restaurante...
                               A placa Beco do Forno
                       BECO DO FORNO - ao fundo as traseiras do Hotel Astória
  Este pequeno largo pertence ao Beco do Forno
         Ainda BECO DO FORNO
   BECO DO FORNO na saída para a Rua DO ADRO DE BAIXO
     Rua dos ESTEIREIROS

    Rua Adro de Cima à esquerda Igreja de São Bartolomeu e .à direita rua dos Prazeres.....
    ....que dá acesso ao LARGO DO ROMAL....
    ....LARGO DO ROMAL onde se realizam as Fogueiras dos Santos Populares

quarta-feira, 24 de maio de 2017

ANIVERSÁRIO

HERMENEGILDO DORES COELHO

               "GIL COELHO"

24-05-1941

Nesta data especial...

"Encontro de Gerações " deseja

MUITAS FELICIDADES!

PARABÉNS!





ANIVERSÁRIO

MÁRIO ROVIRA

24-05-1935

Nesta data especial...

"Encontro de Gerações" deseja

MUITAS FELICIDADES!

PARABÉNS!







segunda-feira, 22 de maio de 2017

ENCONTRO VISITA SURPRESA


    OH!!! Olha a Lucinda!

     Fomos beber a "bica"...e um chá a que se juntou o  ZÉ Folgado", no Artes Bar do CNM


    Quito - Celeste Maria - Lucinda e São Vaz

   EG

domingo, 21 de maio de 2017

PASSATEMPO

- que cultura está a nascer neste verdejante campo
-onde se localiza este campo

Verdes são os campos
.Verdes são os campos,
De cor de limão:
Assim são os olhos
Do meu coração

.......................




;  
Milho verde, milho verde
Milho verde maçaroca
À sombra do milho verde
Namorei uma cachopa

Milho verde, milho verde
Milho verde miudinho
À sombra do milho verde
Namorei um rapazinho

Milho verde, milho verde
Milho verde folha larga
À sombra do milho verde
Namorei uma casada

Mondadeiras do meu milho
Mondai o meu milho bem
Não olhais para o caminho
Que a merenda já lá vem

    EG

sexta-feira, 19 de maio de 2017

POBRE PARQUE VERDE...

É este o estado lastimoso em que se encontram os parques aquáticos...
    ...e já nem água brota no paredão...

     PERGUNTA:  o que tem a ver esta situação com problema das cheias do Mondego, onde as Docas estão sem solução à vista?

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Parque de Portugal

Quando se passeia no Boulevard Saint Laurent no sentido norte e cruzamos a rua Marie Anne, vemos à nossa direita o parque de Portugal que tem como lema ".. chegámos a estas paragens em busca de nova vida e de novos horizontes".


Ao depararmos com a entrada, o pavimento dá-nos logo um ar da nossa terra. A verdura e as sombras em pleno meio da cidade convidam ao repouso em certas horas do dia.
E pelas bandeiras vimos logo que não nos enganámos.
Não falta o célebre marco que nos caracterizou durante alguns séculos.
Assim como o tão airoso coreto utilizado na transmissão da cultura e como centro de distracções, se bem que não seja estritamente português.
A fonte que bem conhecemos, não lhe faltando a argola utilizada mais habitualmente para o burro ou para o macho.
Nas suas costas, um belo trabalho em azulejo que bem dignifica esta arte que tão bem conhecemos.
E quando se sai do parque, porque não pensar no meio ambiente.
Um gosto bem português.