sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

MEMÓRIAS ...

Há um Tempo rebelde que nos foge no calendário dos dias.  Para trás,  só ficam rugas e memórias. Não desdenhar o passado é projetar o futuro.  Nestas teclas, quantas letras, quantas palavras ditas e escritas neste museu de lembranças de um passado presente ...
Quito Pereira

5 comentários:

  1. HCESAROP - Teclado nacional...
    Essa está um bocado mal tratada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AZERT - teclado internacional.
      Era assim, não era?

      Eliminar
  2. Pois esta marca não conhecia!
    Mas fica para recoradçao de tempos bem antigos!

    ResponderEliminar
  3. Bem esclareçam lá a marca!
    Azert é mais do meu conhecimento....

    ResponderEliminar
  4. Os tipos de teclado eram conhecidos como: Hcezar nacional, Azerty internaional e o Qwerty americano.
    Se a memória não me engana as linhas completas que deram origem aos nomes eram: Hcesaropz na nacional. Azertyuiop que era conhecido na Europa como internacional. Qwertyuiop era utilizado pelos americanos e foi-se espalhando pelo mundo pois foi desde o início o teclado da NATO. O teclado com que me divirto é Qwerty, pois é o que vem nos computadores daqui. Quanto ao resto, velhos tempos.
    No fundo, mais um trabalho do Quito a fazer-nos pensar.

    ResponderEliminar