quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

ANIVERSÁRIO

ALFREDO MOREIRINHAS

01-02-1947

Nesta data especial...

"Encontro de Gerações" deseja

FELIZ ANIVERSÁRIO!

PARABÉNS!






HOJE FAÇO ANOS

Nome: Alfredo Moreirinhas
Idade: Suficiente para ter juízo, mas está difícil!
Sexo: Uma a duas vezes por dia, mas mais à noite.
Estado Civil: Casei por amor, nunca casaria por interesse, pois não tinha nenhum interesse nela.
Feita a devida apresentação, sinto necessidade de vos falar um pouco do que foi a minha vida.
Não fui feito em Paris e trazido por uma cegonha, como era normal nessa altura. Nasci no ventre da minha mãe e fui parido ao meio-dia de um bonito 1º de Fevereiro. Até aos 3 anos fui uma criança feliz e alegre, situação que foi abruptamente interrompida com a morte de minha mãe e ausência do meu pai.
Não obstante, fui criado com muito amor, carinho e afecto, pelos meus tios avós.
Até aos 5 ou 6 anos de idade, acreditava em Deus e todas as noites rezava para que ele me mandasse a minha mãe. 
Inconformado e a partir daí até aos 15 ou 16 anos tornei-me agnóstico, sem saber que o era. 
Aos 17 ou 18 anos tornei-me ateu mas já compreendendo bem o que isso significava. 
Nunca mais deixei de o ser até hoje.
Os anos da escola primária, não me deixam saudades. Os professores que tive, só nos batiam por duas razões: por tudo e por nada!
Aos 6 anos, apaixonei-me pela primeira vez. Chamava-se Mimi Codonis, a principal atracção do Circo que acabava de chegar à cidade. Linda, graciosa, de olhos azuis e um belíssimo corpo. No dia em que o circo ia deixar a cidade, eu já tinha decidido que também iria com eles, para poder ficar ao lado da minha grande paixão. Não fora a bisbilhoteira da Norvinda (a  vizinha que me viu já com a trouxa às costas e foi avisar a minha tia),  eu hoje seria um famoso trapezista. Segundo o Google, Mimi Codonis morreu há um ano.
Aos 7 anos conheci uma pequena mais nova do que eu um ano. Chamava-se Naide, andávamos na mesma escola onde, infelizmente, também andava o irmão mais velho, Claúdio, que queria impedir o nosso namoro e com quem tive, por esse motivo e por várias vezes, de andar à pancada.
Muitas outras paixões fui tendo ao longo da minha vida, umas mais intensas do que outras, mas nenhuma tão marcante como a que tive aos 26 anos e ainda hoje se mantém com a mesma intensidade.
Comecei a trabalhar cedo. Fui Acólito, Apontador, Desenhador, Professor, Militar, Técnico de Manutenção da TAP e Engenheiro.
A minha experiência como Acólito durou pouco. Ajudava ao Terço no mês de Maio e um dia, em pleno ritual, deu-me uma vontade enorme de urinar. De joelhos, abanando o turíbulo, com o calor, a vontade passou a ser tanta que era impossível não descarregar. Pensando que Deus me poderia castigar por abandonar o altar e que seria um pecado menor urinar mesmo ali... de calções, bastou afastar um pouco a perna esquerda e a almofada ficou completamente molhada. Terminou ali e naquele dia, a minha vocação para ser Acólito. Só no dia seguinte é que me foi explicado, pelo Padre Lino, que não era pecado ter saído para urinar! Fiquei a saber que Deus é bom, não condena quem precisa de mijar!...
Jogo no Euromilhões e já decidi que, se um dia me sair o primeiro prémio, metade gasto com mulheres, álcool e marijuana e a outra metade será para gastar mal gasto!
Hoje faço anos e sinto-me bem! Ainda tenho planos por concretizar, mas o tempo passa tão depressa que por vezes nem tenho tempo de planear.
Não sei o que vou fazer amanhã, mas sei que hoje vou passar um dia sem stress. Não quero pensar em nada que me preocupe.

Sempre julguei que sou imortal, mas agora começo a ter algumas dúvidas!...
Se não sou imortal, uma coisa tenho a certeza:  fui imortal durante os 70 anos já vividos e apesar dos pesares, pondo nos dois pratos da balança, a Felicidade e a Infelicidade, não tenho dúvida que o prato da Felicidade é muito mais pesado.
Amo a vida, amo os amigos e amigas, amo a família e amo a minha mulher.
Por isso, sou feliz e quero continuar a sê-lo!...

* * * 

42 comentários:

  1. GRANDA ALFREDO. Toma lá aquele abraço.
    Só te desejo uma coisa: que continues a ser tu mesmo, por muitos e longos anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres que ele continue a ser ele mesmo?! Com aquele feitiozinho?! Estou tramado e vou continuar a estar tramado...

      Eliminar
    2. GRANDA CARLOS, eu até andava a ver se mudava, mas agora é que vou continuar a ser eu mesmo, só para tramar o Paulo Moura, eheheheheh... eu sou assim... ehehehe

      Eliminar
    3. Vês, Vianita? Vês? Vês? Vês? Vês?...
      "Há-des" ter muitos amigos assim, "há-des"...

      Eliminar
  2. Parabéns Alfredo, que o dia de hoje seja mais um de felicidade na tua vida e que se repita por muitos e bons anos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Por tudo isto e muito mais sei que vais continuara ser feliz!
    Os parabéns da praxe só os dou ao meio dia que foi quando precocemente falaste em vez de berrar: porra já estou cá fora...agora aguentem-me!
    Até ao meio dia!
    Ah! gostei do texto...não fiques triste por não seres imortal a nossa existência tem destas coisas bizarras! E a Caixa Geral de Aposentações agradece...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizem que sim, que comecei a falar logo na hora em que nasci!...
      Então ficarei à espera do meio-dia para te agradecer.

      Eliminar
    2. Só agora te dou os parabéns...estive à espera que te cortassem o cordão umbilical e que te lavassem.
      AGORA SIM PARABÉNS

      Eliminar
  4. Sinceros parabéns. Muitos, bons, a família que veja e sempre com boa disposição.
    Um abraço nosso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Chico!
      Desejo muito sinceramente que também tu vás vendo esta boa disposição por muitos anos.
      Um abraço para todos vós.

      Eliminar
  5. Linda história de vida meu Amigo
    Que continues a ser feliz junto do teu amor.contas muitos amigos pois mereces tenho o prazer de ser uma delas.grande beijinho e não deixes de sonhar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, minha querida Nela! Sei que posso sempre contar com a tua amizade.
      Sonharei, sonharei sempre, até que a minha imaginação permita...
      Beijos.

      Eliminar
  6. Que durante muitos anos continues com a tua boa disposição
    e junto da tua Daisy.
    Um grande abraço.
    Zé Afonso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Afonso!
      Um grande abraço para ti também e um beijo da Daisy.

      Eliminar
  7. Muitos parabéns, um dia muito Feliz junto do amor da tua vida.... façam favor de continuar a ser felizes...

    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! As maiores felicidades também para ti, juntamente com a tua Laura e filhotes.

      Eliminar
  8. Aqui, da Quinta da Estrela, também te enviamos abraços e beijinhos de Parabéns!
    Recebe-los como te aprouver.
    Carlos e Fernanda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aceito abraços e beijinhos de ti e da Fernanda, respectivamente!
      Brigado. Abraço para ti e beijo para a Fernanda.

      Eliminar
    2. Ó Rafael, o Alfredo não tocava... só trocava!

      Eliminar
  9. gostei muito do texto igual a ti mesmo...muitas felicidades Alf....muitos anos de vida...beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Continua a amar a vida, a Daisy e podes ter a certeza que os teus amigos continuarão a amar-te. Por mim falo. Muita saúde, é, para além do Amor, o mais importante. Um beijo muito amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, querida Ló! Sei que poderei contar sempre com a tua amizade. Beijos

      Eliminar
  11. Tambem aqui deixo os meus Parabens ao nosso amigo Alfredo neste dia em que uma nova decada comeca .....70....beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A decada de 70, já passou!... Até houve o 25 de Abril, ou já não te lembras?...
      Obrigado e beijinhos também para ti.

      Eliminar
    2. Sao 70 beijinhos....... a divir por ti e pela Daisy ahahah.

      Eliminar
  12. Parabéns, meu grande amigo!
    Agradeço a prenda que nos ofereces com a tua " auto biografia".
    Mantém a tua boa disposição e o teu amor, sem o qual não serias a mesma pessoa...
    Outro abraço.

    ResponderEliminar
  13. Obrigado, querida amiga Celeste Maria.
    Beijos também para ti.

    ResponderEliminar
  14. Parabéns caro amigo. Gostei da tua historia de vida! Feliz aniversário. Abraço

    ResponderEliminar
  15. Parabéns, Alfredo. Setenta é idade de moderação por isso não aceleres muito no teu novo amor ...a Mercedes topo de gama. Goza bem o dia e não aborreças a Daisy que é boazinha e cordial.
    Um abraço a ambos os dois

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Mercedes anda boa, só não me deixa conduzir como eu quero!...
      Aborrecer a Daisy? Não estás bom da cabeça! Eu ia lá fazer isso...
      Abraço

      Eliminar
  16. Um grande beijinho de PARABÉNS, que a felicidade continue a teu lado, bem como a tua linda Daisy, que tenhas muita saúde e que te saia o Euromilhões.
    Ana Maria.

    ResponderEliminar
  17. Parabéns, Alfredo.Que tenhas tido um dia muito feliz e seja mais um ano cheio de coisas boas...Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Já me apanhaste ... na idade ! Entraste numa bela década ! Que continues mesmo a ser feliz como te propões, sempre ao lado da tua doce companheira e ambos com muita saúde, para continuarem a dar a volta ao mundo e a proporcionarem aos amigos o "cheirinho" dos vossos itinerários.
    Beijinhos de parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, querida amiga! Tudo de bom para ti também e para toda a tua bonita família.
      Beijos.

      Eliminar