domingo, 28 de dezembro de 2014

Bairro Norton de Matos - APANHADOS


Só falta o poste...
Não descobri o poste decapitado...
...apesar de todos estes "serviços" executados à chico espertto!!!,
o Bairro ainda merece  que se recorde a publicação destes versos escritos por António Ferreira( Tabacaria Celeste) em 1959...

EG

10 comentários:

  1. É verdade. Merce sim Senhor.
    Até lá está um candeeiro sem "cauda", dos do tipo da minha rua.
    Chico sem esperteza.:)

    ResponderEliminar
  2. Encontrei esta relíquia escrita pelo meu pai!
    Claro que me diz muito e me toca.

    O Fernando lá a encaixou e até muito bem.

    ResponderEliminar
  3. Bem esgalhado.
    O verso é um espectáculo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem esgalhado porque foste tu que camaste a atenção para este apanhado..

      Eliminar
  4. Concerteza,Sr. Ferreira ! Saudade...
    Com muita pertinência.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Partiu, mas deixou a sua marca. Parece que o estou a ver à minha frente, com o seu semblante cordato. Os versos? Uma saudade ...

    ResponderEliminar
  7. Infelizmente, a beleza do bairro está-se a perder com algumas alterações de mau gosto!...

    ResponderEliminar