quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

INFORMAÇÃO- JAZZ AO CENTRO



NORBERTO LOBO E JOÃO LOBO SEXTETO AO VIVO NO SALÃO BRAZIL, COIMBRA
Terça, 16 de Dezembro, 22h00
O  JACC - Jazz ao Centro Clube é uma estrutura apoiada pela Câmara Municipal de Coimbra

A Norberto Lobo e João Lobo junta-se um quarteto de nomes firmados, fundamentalmente no campo do jazz, que os acompanhará em alguns - poucos - concertos exclusivos em Portugal

Norberto Lobo & João Lobo são cúmplices musicais de longa data, tendo editado o seu álbum de estreia ‘Mogul de Jade’ em 2013 na Mbari. O disco e o seu espectáculo ao vivo tem angariado entusiasmo genuíno graças ao lirismo patenteado do estilo de guitarra do Norberto, aqui em eléctrica, e o trabalho tonal singular e texturalmente rico e diverso do baterista do campo do jazz João Lobo.

Norberto Lobo é um talento ímpar na música portuguesa e os motivos são evidentes: uma abordagem completamente nova e pessoal à guitarra, em que mistura a herança da música tradicional com sonoridades do jazz, do blues e da world music, sem nunca se comprometer com qualquer destes estilos e fiel apenas à sua inspiração. Misto de improvisação e composição, as suas melodias seduzem frequentemente pelo misticismo que exsudam (principalmente nas atuações ao vivo, onde contactamos de forma mais imediata com a sua verdadeira essência), transfigurando a sua figura franzina num xamã dotado de poderes ocultos e acesso a verdades há muito arredadas da nossa perceção.

A recente colaboração com o baterista João Lobo não é certamente alheia. Amigo de longa data do clã Lobo, tendo já gravado o álbum Norman com Norberto e o seu irmão Manuel, João Lobo é atualmente um baterista jazz de qualidade reconhecida pelos grandes vultos deste estilo musical, com quem já colaborou, como Enrico Rava ou Carlos Bica. Tal como Norberto Lobo, é dono de um estilo dotado de enorme liberdade, difícil de rotular e por isso maleável e facilmente adaptável a qualquer melodia.


guitarra acústica, guitarra elétrica, baixo elétrico: Norberto Lobo
bateria: João Lobo
Fender Rhodes, piano: Giovanni di Domenico
violino, trompete: Ananta Roosens
clarinete, clarinete baixo: Jordi Grognard
voz, eletrónica: Lynn Cassiers


Enviado e recomendado por Carlos Viana

21 comentários:

  1. Talvez dê para ir...mas não sou grande fâ de JAZZ...

    Vai aqui um pouquinho

    SEXTETO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, não estou a ver como é que o lavacolhos podia entrar no JAZZ...

      Eliminar
  2. O Carlos Viana vai ouvir....aqui.A divulgação é sua!

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Viana, pela informação e pelo historial dos músicos. Jazz é criatividade. Uma forma musical não amarrada a qualquer espartilho, partindo muito da momentânea inspiração de todos e de cada um ...
    Toma lá um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Quito. Dom Rafael já nos fez queixa que o teu net@ não te deixa ir no dia 21 a Sicó.
      Deixa lá, há mais cabritos que netos...
      Aquele abraço.

      Eliminar
  4. Boa explicação. A curiosidade levou-me de imediato para o Youtube e fiquei estarrecido com o que ouvi! Gostei! Não irei estar no Salão Brazil, mas em contra partida irei ouvir tudo o que está na net a respeito... Obrigado Carlos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É para que saibas que cá o murcom tem bom gosto!

      Eliminar
  5. Respostas
    1. O que é "carteirinha" ?
      Esclareces, por favor?

      Eliminar
    2. de carteirinha
      • [Brasil] Que apoia sem restrições (ex.: fã de carteirinha). = DEDICADO, FIEL, INCONDICIONAL

      "carteirinha", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/carteirinha [consultado em 11-12-2014].

      Eliminar
    3. Obrigado, Sãozita.
      Adoro a tua música, de carteirinha.

      Eliminar
    4. E é recipreço... rocipresso... russiproço... ai, o carais... recíproco!

      Eliminar
    5. Já deste estilo de música, do vídeo, São, eu não curto muito.

      Eliminar
  6. Só para vos dizer que acho que vale a pena estar atento à programação do Salão Brazil.

    Hoje, dia 11 - 22:00 - REPORTÓRIO OSÒRIO
    Colecção de canções, aliando a escrita sagaz de Luís Fernandes à magistral música de Luís Cardoso. - €5
    Dia 12 - 22:30 - JOÃO LENCASTRE DUO
    Dois dos músicos mais criativos da panorama musical, João Lencastre e André Fernandes.
    Será um concerto muito baseado na improvisação livre, tudo pode acontecer... Free/Experimental/Jazz//electonic. €4
    Sábado, dia 13 às 22:30 e Domingo, dia 14 às 18:00
    A JIGSAW & THE GREAT MOONSHINERS BAND
    "No True Magic"é o trabalho mais recente de aJigsaw mas são 15 anos de canções para recordar.€8
    Meti agora os preços um bocado à "pressão" porque acabei de chegar do Conservatório de Música para ver um espectáculo que me parece que será bom mas pediram-me 25€ por cada bilhete. Perguntei se dava direito a jantar e o amigo que estava na bilheteira riu-se e respondeu-me: realmente..."
    NOTA IMPORTANTE: Garanto-vos que a comissão que recebo do Salão Brazil é exactamente a mesma que recebo pela minha esforçada e valiosa colaboração nesta espécie de blogue...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tinhas que dasr uma bicada....nesta espécie de blog, que é uma espécie rara!
      Ser espécie é um dom, tal como eu próprio que também sou um DOM!!
      Não é assim Chama a Mamãe?

      Eliminar
  7. Deves lembrar-te caro Viannha do Jazz ao Centro aqui no Bairro, por onde passarem grandes nomes do Jazz mundial.
    Sei que te lembras, mas vou aqui recordar-te e a quem não os apreciou em 2002 ficar com um cheirinho do que foram esses concertos inolvidáveis. Ora apreciem!
    JAZZAOCENTRO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em 2002 ? Já lá vão 12 anos? Estou lixado !!!

      Eliminar