sábado, 25 de outubro de 2014

Liberdades

A polícia de montreal exercendo pressões sindicais com o uso de calças civis.

Foto tirada do Jornal 24h (24 heures) deste fim de semana.

33 comentários:

  1. Estou um pouco confuso quanto ao uso das calças de camuflegem.
    Estão a fazer alguma reevinducação sindical?
    Neste caso estão em serviço de policiamento?
    Bom domingo e um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rafael
      Camuflagem e não só... as calças côr de rosas são tão bonitas...
      Absolutamente, em serviço . Estão quatro porque devem ter sido chamados. Andam normalmente a dois num carro patrulha. Por isso foram de certeza em dois carros patrulhas de um valor superior a quinhentos e trinta mil dólares cada, com o equipamento informático incluído. Em contrapartida não têm carros de potência para perseguições com o estilo que se usa aí em Portugal, se bem que estes sejam altamente potentes. São todos iguais. Têm uma boa frota e excelentes comunicações que lhes permite de irem um ou dois em persiguição e aparecerem outros dos locais aonde vão a passar, que cortam o caminho aos fugitivos. Muita vezes já lá estão à espera e lançaram um tapete no chão com picos que fura os pneus.
      Sim, estão a reivindicar por causa das reformas. Já andam nisto há uns três meses.
      Os carros da polícia, bombeiros, ambulâncias, paramédicos e autocarros, também andam muito lindos. Se os sindicatos os levaram a tomarem essa atitude, é porque têm dinheiro para mandarem limpar.
      Foi muito provávelmente derivado às pressões sindicais que os três chefes de polícia responsáveis não actuaram, a quando dos desacatos dos bombeiros na Assembleia Municipal de Montreal, permitindo a destruição de muito material. Foram demitidos porque foi um ataque a uma Assembleia do Povo que eles aqui respeitam muito. A tal ponto que até agora era permitido visitá-las, porque eram do povo.
      Bom domingo e boa semana.
      Abraço

      Eliminar
    2. Tou completamente satisfeito com a explicação!.
      Os meus vizinhos de baixo, mesmo o mais exigente de Azurba, penso que também!
      Bom dia a todos,bom domingo e bom cozido à portuguesa!

      Eliminar
  2. Pois, Chico, eu estou um pouco como Dom Rafael. Esclarece lá isto.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos Viana

      Desculpa mas é só leres o comentário para o Rafael.
      Acontece porém, que há alguns que andam em calça de ganga como nós. Só que as calças de ganga, ficam muito justas ao corpo. Com aquele peito todo cheio derivado ao colete anti-bala e a cintura com todo o restante material, ficam tã lindos: nem se lhes nota o "rabinho". Parece que falta ali qualquer coisa entre a cintura e as pernas.:)
      De todas as formas, aqui vai mais outra para rir que é real.
      Uma senhora que conhecemos, quando ia para vestir umas calças quentes côr de rosa que pareciam camufladas à filhita de dois anos e meio para ir para o infantário, foi surpreendida por a miúda ter ficado apavorada, porque não queria calças da polícia. Coitadinha da criança.
      Isto é um tratado.
      Abraço.

      Eliminar
    2. Continuo como Dom Rafael, elucidado e com o cozido já digerido.

      Eliminar
    3. Apanhaste-me de surpresa, Carlos Viana. Só pela companhia, também tinha comido cozido.
      Boa semana.

      Eliminar
  3. Deve haver razões para as calças serem rosas e laranjas!... Não acredito que seja porque são lindas!
    Tens que investigar melhor o assunto, Chico! Fico à espera de explicações credíveis, mas não venhas com essa de beleza, que comigo não pega!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser por conta do "Outubro Rosa"...por estas plagas no mês de outubro a campanha "OUTUBRO ROSA" é para alertar acerca do câncer de mama (Depois, vem o Novembro Azul, como alerta ao câncer da próstata).

      Eliminar
    2. Lá estarei no mes Azul, na prevenção
      Bom dia! Bom domingo e por aí já sei que um dos candidatos vai vencer!!!!

      Eliminar
    3. Não te compreendo bem, Alfredo Moreirinhas. Elas estão muito masculinas. Parece-me que só tens andado por terras de monges.
      "Sériosamente" falando: há-os e têm os mesmo direitos que os outros mas isto é para dar nas vistas e muito especialmente aos turistas. Os civis desta terra, há muito que começam a estar fartos. Pensam que não dignifica a corporação, só que é esse o fim do sindicato.
      Uma vez quando fui aí, vi no bota-a-baixo uma mulher polícia meter as mãos no guiador de uma motorizada a gritar muito zangada, para obrigar o motociclista a parar o motor pois queria falar com ele por qualquer coisa que ele tinha feito. Aqui, enervarem-se assim, só se estiverem a ser atacados de surpresas e em situação muito difícil que os tenha feito perder a cabeça, pois não estão habituados a reagirem dessa maneira. Mostram uma atitude firme e arma entre as duas mãos bem apontada à pessoa se ela não obedece. Como as pessoas conhecem o sistema, é raro acontecer e assim, ninguém se enerva. Se fôr um drogado ou doente mental listado no sistema informático ou que eles já conheçam pessoalmente, depende da atitude dele pois tentam o contacto verbal.
      Serem atacados, não é anormal. De tempos a tempos, até lhes queimam os carros e quando isso acontece, raramente ardem só um ou dois. Parecem as fogueiras do São João e o povo a pagar.

      Como andas muito por fora, nestas terras se a polícia nos mandar parar, encosta-se. Abre-se a janela mas nunca se sai do carro. O polícia condutor vem e fala connosco. Ao mesmo tempo, o polícia pendura sai do carro, coloca-se perto da porta de trás do lado do pendura do carro civil e se notar-mos, o seu braço está em V e a mão junta à arma pois já têm apanhado muitos arrepios. Gato escaldado, de água fria tem medo. Bom turismo.
      Um abraço.

      Eliminar
    4. É natural, Chama a Mamãe!. Eles tanto a nível de corporação como indidual, implicam-se muito nas mais diversas obras de beneficência. Chegam a ir pintar uma casa de terceira idade que não tem dinheiro para tal, com todos os problemas de infiltrações que origina. O inverno, aqui é duro.
      Para mim, é uma polícia muito cerebral mas não quer dizer que de tempos a tempos não haja um ou outro que cometa um erro. Aonde há muito pessoal, sempre aparece um ou outro para sujar a casa. Só que erros expressamente feitos, são raros. Por vezes debaixo de pressão numa intervenção, porque aí as fracções de segundo para decisões se "tornam" curtas. Lá aparece raramente um caso ou outro de maldade, só que esses nem os colegas podem safar. Para evitar a lei do silêncio, criaram uma lei que quem encobre, é tão responsável como o que praticou o acto. Já se está a ver, se o responsável vai para a cadeia, o que encobre... Isto em todas as profissões. É para isso que servem os políticos. Não quer isto dizer que tudo seja um mar de rosas... há sempre espaço a melhoramentos.

      Eliminar
    5. No comentário acima, a seguir a Chama a Mamãe!, era para escrecver - :) (rir)

      Eliminar
    6. Pois é, Dom Rafael, como diz o Chico Buarque "...Meu caro amigo me perdoe, por favor
      Se eu não lhe faço uma visita/Mas como agora apareceu um portador/Mando notícias nessa fita/Aqui na terra tão jogando futebol/Tem muito samba, muito choro e rock'n' roll
      Uns dias chove, noutros dias bate sol/Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta/Muita mutreta pra levar a situação/Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça
      E a gente vai tomando, que também, sem a cachaça/Ninguém segura esse rojão..."

      Nenhum dos candidatos à presidência é o ideal para governar o Brasil...como disse no meu blog, há pouco "Só sei que quem tem o osso está difícil de largar. E outros, querem muito o osso. Uma briga de cachorros, na grande concepção da palavra".
      Bom domingo, seja azul ou rosa!
      :-)

      Eliminar
    7. Hoje não se vota no ideal porque não há. mas vota-se no menos mau e se ele ganhar, estamos perdidos porque a oposição tem sempre razão. O "nao" tem muita força. Coragem.

      Eliminar
  4. Toma lá para relembrares...não como carvoeiras, como se cantava por aqui...e no que diz respeito às liberdades, o que o Vitorino canta

    Carbonárias (Final)

    Vitorino
    Liberdade, Liderdade
    Quem a tem chama-lhe sua
    Já não tenho liberdade
    Nem de pôr o pé na rua

    Liberdade, Liderdade
    Quem a tem chama-lhe DELA
    Já não tenho liberdade
    Nem de me pôr à janela

    São tão bonitas as Carbonárias
    São tão catitas as Libertárias
    Oh que lindo rancho da mocidade
    Cantai raparigas, viva a Liberdade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ter sido na Quinta da Cheira ou nas Patelas.

      Eliminar
  5. Vejo que andaste muito nas fogueira do S. João, mas não me convences!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca procurei convencer os outros. Era tão timidinho. A minha jóia é que me convenceu.

      Eliminar
    2. Chico, eu estava a falar para o Dom Rafael, ele é que se pôs a cantar coisas que aprendeu nas fogueiras...

      Eliminar
    3. Tudo bem. Uma semana com muita alegria.

      Eliminar
  6. Para ser policia é preciso ter FARDA?
    Tonito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim Tonito, todos os polícias têm farda. Podem usá-la ou não, como sabes.
      Os que a usam no dia a dia, andam sempre "enfardados" e com muito calor. O colete que usam sempre em serviço, é muito quente. Nesta altura já fazem doze graus durante o dia e como está sol que aquece ainda mais, andam de mangas curtas. De verão sofrem um bocado.
      Mas com farda ou sem farda, terminado o serviço, não podem levar a arma para casa.
      Abraço.

      Eliminar
  7. Chico, só agora aqui chegado, deu-me nas vistas, que as polícias não são nada de deitar fora. Un hombre está casado mas não está morto, conho !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quito
      Se admiramos uma boa paisagem, um bom mural, quadro,excultura, etc, porque é que não podemos admirar uma maravilha que encarna tudo isso e mais...
      Há aí cada borrachinha... e giras.
      Abraço.

      Eliminar
    2. Haja alguém que repare no essencial e não nas calças, carais!

      Eliminar
    3. Já estou a ver que vais para a polícia....

      Eliminar
    4. Com as minhas pernocas, era só carros a chocarem uns contra os outros!

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Gajas, pá! Gajas!
      (queres que faça um desenho?!)

      Eliminar
    2. Não tens respeito nenhum pelo teu ginécologista.

      Eliminar
    3. O amor tem destas liberalidades :O)

      Eliminar